Orofacial #42 – Radiografia Proximal (ou Radiografia Interproximal): Você Conhece?

Tempo de leitura: 1 minuto

Radiografia Proximal (ou Radiografia Interproximal) – Você Conhece?

Quando eu era pequeno, nem sonhava que viria a me tornar dentista…lembro-me de que eu ia ao consultório dentário e nunca se encontrava em meus dentes nenhuma cárie sequer…

Também me lembro das conversas que giravam na sala de espera: “o dentista encontrou X cáries em meus dentes”…e aí passava-se a tarde inteira conversando-se sobre dentes e saúde…

Nem todos os dentistas tinham aparelho de RX no consultório…era um equipamento muito caro!Mas quem possuía este equipamento, certamente, tinha um grande diferencial no atendimento aos seus pacientes…Isto porque, com uma boa radiografia, pode-se encontrar muitos problemas nos dentes que não são vistos a olho nu.

Entre as técnicas de radiografia para a visualização dos dentes, existe a “radiografia proximal” (veja as figuras). A radiografia tipo proximal serve para facilitar o diagnóstico de problemas dentários, especialmente aqueles que estão presentes entre um dente e outro. Ela é muito eficaz, porque com uma única radiografia se consegue visualizar muitos dentes ao mesmo tempo.

RX Proximal

Daí, com apenas 4 radiografias para dentes posteriores (2 de cada lado da boca) e 1 para anteriores, o dentista consegue ter uma boa ideia da situação das coroas dos dentes de uma pessoa. Pode-se enxergar cáries (mesmo muito pequenas) localizadas entre um dente e outro, excesso de restaurações dentárias (chamadas pelo leigo de “obturações”), infiltrações de cárie sob restaurações, perda de osso de suporte entre os dentes, etc…

No próximo post, vou mostrar para você outro tipo de radiografia: a periapical.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *