Orofacial #75 – Ir ao DENTISTA em Épocas de Crise Econômica e Falta de Dinheiro

Tempo de leitura: 2 minutos

Ir ao DENTISTA em Épocas de Crise Econômica e Falta de Dinheiro 

 

Em épocas de crise econômica, a vida fica mais difícil, mais complicada, para as pessoas de maneira geral.

E a dificuldade se dá em vários campos ao mesmo tempo, isto é, no profissional, familiar, pessoal, psicológico…e aí vai…

Tudo parece complicado, inacessível.

A vida perde a sua rotina e a gente passa a negligenciar muitas coisas outrora importantes, como o lazer, o descanso, as coisas aparentemente supérfluas, mas que preenchem de algum modo a vida de cada um.

No caso da saúde também é assim.

As pessoas perdem o emprego e acabam perdendo o plano de saúde que a empresa fornecia.

Falta dinheiro para remédios, e consulta odontológica, nem pensar!…a pessoa passa a se alimentar mal e o cenário passa a ser armar para uma tempestade.

Em quase 30 anos que atuo em odontologia, desde os tempos da faculdade, consegui prestar atendimento em realidades bem diversificadas sob o ponto de vista social, econômico e cultural.

Atendi pessoas extremamente ricas e também pessoas que não tinham nem como me pagar, senão com um “Muito obrigado, doutor!”.

Assista este vídeo abaixo, onde eu falo um pouco de como é a situação da manutenção da saúde de dentes e gengivas em épocas de crise econômica e de como driblar as dificuldades financeiras em prol da manutenção da saúde de boca.

 

Existe um detalhe que faz com que esta situação de falta de dinheiro x necessidade de tratamento dentário seja mais cruel:

É que, se você tem tratamentos dentários pendentes e está aguardando ter dinheiro para realizá-los, saiba que, quanto mais o tempo passa, mais difícil e caro se torna o tratamento.

Em outras palavras: a necessidade de tratamento de uma pessoa aumenta progressivamente com o passar do tempo. Se você possui X necessidades de tratamento hoje, mas não as trata, significa que após alguns meses ou anos esta necessidade aumentará em quantidade e custo.

Por isso, caso você esteja em uma situação de necessidade de tratamento dentárioassociada à falta de recursos financeiros, além de ter que se esforçar ao máximo para prover uma solução, você deverá ser muito mais crítico em métodos preventivos.

Leia os posts neste blog sobre prevenção em www.orofacial.com.br/orofacial_57

Dúvidas?

Deixe uma pergunta ou comentário abaixo.

Terei um maior prazer em lhe responder!

8 Comentários


  1. Parabéns pelo seu trabalho, Wagner! Deus o abençoe!

    Gostaria de uma indicação aqui em Cuiabá-MT.

    Muito obrigada.

    Responder

    1. Oi, Mary.
      Você poderá encontrar dentistas gratuitos ou a baixo custo.

      Dente os gratuitos, você poderá procurar a ABO – Associação Brasileira de Odontologia – aí em Cuiabá.
      Endereço: R. Padre Remeter, 170 – Lixeira, Cuiabá – MT, 78008-150
      Telefone:(65) 3623-9897

      Como dentistas em baixo custo, sugiro uma Cooperativa Odontológica chamada de UNIODONTO
      http://www.uniodontomt.com.br/

      À disposição para outros esclarecimentos,

      Wagner Munhoz

      Responder

  2. Vc pode me indicar uma cooperativa ou q envolva um baixo custo em minha cidade ou na regiao metropolitana de Porto Alegre…pois recebou um beneficio do governo q eh pouco p me sustentar!

    Responder

    1. Cristiane, grato por seu comentário.

      Inicialmente, eu sugeriria para você procurar esta Cooperativa odontológica: Uniodonto.
      Ela tem profissionais qualificados e o custo é relativamente baixo.
      Lembre-se, Cristiane, que “Cooperativa” não é “Convênio Saúde”; é muito melhor uma vez que não há empresários intermediando a relação paciente-profissional.
      Procure neste site
      https://www.uniodonto-rs.com.br/

      À sua disposição para outros esclarecimentos,

      Wagner Munhoz

      Responder

  3. Olá! Eu tenho periodontite avançada nos dois dentes da frente no maxilar inferior (os debaixo) faz anos q eu nao trato…eu fiz 2 raspagens …nao adiantou mta coisa, o buraco da gengiva continua, estou usando clorohexidina 2x ao dia, umidecendo no algodao e passando na gengiva. Eu gostaria de saber se qual procedimento q devo procurar p nao perder esses dois dentes q ja estao mto frouxos. Esse procedimento eh caro? Moro em Gravataí – RS.

    Responder

    1. Olá, Cristiane.

      Os problemas de perda óssea devem ser bem diagnosticados e tratados o quanto antes a fim de que eles não progridam, o que poderá levar à perda do dente.

      No seu caso, deve ser feita uma avaliação do grau de perda óssea com exame clínico minucioso e uma radiografia.
      Além da raspagem, você deverá fazer a minuciosa higienização da gengiva (sulco gengival) com fio dental, e escovação, além de retornar ao seu dentista periodicamente.

      Se o problema está perpetuando e progredindo, você deverá pedir ao dentista para ele veja outras possíveis causas que podem estar contribuindo para a progressão da doença, tais como o diabetes, o tabagismo e, sobretudo o excesso de garga mastigatória sobre estes dentes.

      Neste caso, poderá ser necessário o ajuste dos dentes ou mesmo a colagem deles, contenção.

      O profissional mais adequado para a resolução de seu caso seria o periodontista.
      À sua disposição para outros esclarecimentos,
      Wagner Munhoz

      Responder

  4. Olá tudo bem , moro na Paraíba em João pessoa ,bairro das indústrias cidade verde ,tenho muitos problemas pra encontrar profissionais nessa área tenho gengivite na qual na minha escovação todos os meu dentes sagram e ficam inchados porém não saem pus , mas se VC puder me indicar um local onde tenha uma cooperativa ou um preço acessível vou ficar muito grata .

    Responder

    1. Olá, Osmanda, como vai?

      Pesquisei na Associação Brasileira de Odontologia (ABO) da Paraíba, mas parece que eles não têm disponível atualmente um curso na área de periodontia.
      No entanto, vale a pena conhecer a entidade que oferece, muitas vezes alguns tipos de tratamento gratuitos ou a baixos custos
      ENDEREÇO E CONTATO. ABO – Seção Paraíba Av. Rui Barbosa, 38 – Torre – João Pessoa – PB Fone (83) 3224 7100

      Existe uma categoria de planos odontológicos que não é um convênio odontológico, mas uma Cooperativa Odontológica.

      O custo de adesão é semelhante a de um convênio odontológico, mas uma vez que não há uma empresa visando lucro intermediando, a qualidade de serviço é, em geral, superior.

      Uma cooperativa odontológica é a Uniodonto:

      Endereço Avenida Duarte da Silveira, 541
      Centro
      João Pessoa – PB
      Site: http://www.uniodontojp.com.br
      Email
      uniodontojp@uniodontojp.com.br

      Se você optar por este tipo de assistência odontológica, pesquise bem na rede de dentistas cooperados aquele que melhor se adapte às suas necessidades de tratamento (procure por periodontia), OK?

      Enquanto vc não decide qual a melhor escolha, importante vc ler estes 2 posts no Blog orofacial para vc começar a controlar os seus problemas de gengivas

      http://www.orofacial.com.br/orofacial_57
      http://www.orofacial.com.br/orofacial_58

      Leia com muita calma e atenção… não encare nada do que esteja lá como óbvio.
      Se vc aprender o que está escrito lá, boa parte de seu sangramento de gengiva pode começar a desaparecer em poucos dias.

      À sua disposição para outros esclarecimentos,

      Wagner Munhoz

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *