Orofacial #84 – TÁRTAROS NOS DENTES – O QUE É? COMO SE FORMA? COMO REMOVER? COMO EVITAR?

Tempo de leitura: 5 minutos

TÁRTAROS NOS DENTES – O QUE É? COMO SE FORMA? COMO REMOVER? COMO EVITAR?

 

O QUE É O TARTARO?
Tártaros são calcificações que podem se formar as superfícies dentárias, seja na coroa do dente, seja em sua raiz. O tártaro também poderá aparecer em dentes artificiais (próteses dentárias) ou aparelhos odontológicos usados para corrigir alinhamento dentário (ortodontia) ou substituir dentes ausentes.

 

QUE MAL CAUSA A PERMANÊNCIA DE TÁRTAROS NOS DENTES?

Se o tártaro se formar e a pessoa não tomar providências para removê-lo junto ao dentista, alguns problemas podem ocorrer:

  • Amarelamento (escurecimento) dos dentes
  • Inflamação de gengivas (sangramento das gengivas)
  • Formação de mau-hálito
  • Perda de osso de suporte do dente com consequente aumento de mobilidade

 

COMO SE FORMA O TÁRTARO?
O tártaro se forma a partir de calcificações da placa bacteriana, a qual é uma massa mole branco-amarelada, que se forma naturalmente em todas as pessoas, dia após dia.

A placa bacteriana é formada por incontáveis bactérias que se aderem em restos de alimentos daquilo que comemos ou bebemos em nosso dia a dia. Ela é mole e facilmente removível por técnicas de higiene da boca, pelo uso correto de fio, escova e cremes dentais.
A não remoção diária adequada da placa bacteriana poderá leva-la à calcificação, pela deposição de cálcio presente na saliva, formando-se o tártaro dental.

 

QUAL É A APARÊNCIA DO TÁRTARO NO DENTE? COMO POSSO IDENTIFICAR SE TENHO OU NÃO TÁRTARO NOS DENTES?
Logo ao se formar, o tártaro aparenta uma linha ou mancha esbranquiçada, em geral na região entre os dentes ou próximo da margem das gengivas. Quando o tártaro está nessa coloração, ele é friável, sendo mais facilmente removido pela limpeza profissional, feita pelo dentista.
Com o passar dos dias, semanas, meses ou anos, o tártaro poderá ser lentamente pigmentado, adquirindo a cor castanha ou enegrecida. Esses tártaros tendem a ser mais duros, de maior dificuldade de remoção pelo dentista.

 

QUAIS AS REGIÕES DA ARCADA DENTÁRIA ONDE MAIS SE FORMAM TÁRTAROS NOS DENTES?
Os tártaros poderão se formar em qualquer região dos dentes presentes nas arcadas dentárias.
No entanto, tártaros quase sempre são visualizados nas superfícies dos dentes onde a língua encosta (principalmente nos dentes de baixo) e nas superfícies onde se encostam as bochechas (principalmente nos dentes de cima).

 

TODAS AS PESSOAS DESENVOLVEM TÁRTAROS NOS DENTES?
Não.
Existem algumas pessoas que basicamente não possuem tártaros em seus dentes, à despeito de sua boa higienização ou não.
Nos dentes de outras pessoas, por outro lado, podem se formar pequena, média ou grande quantidade de tártaros.

 

TODO O TÁRTARO PODE SER VISTO PELA PESSOA EM CASA?
Não.
A pessoa em sua casa poderá apenas enxergar uma pequena proporção dos tártaros aderidos em seus dentes.
Isso porque os tártaros podem estar presentes abaixo das gengivas (tártaros subgengivais) ou em regiões de difícil visualização direta pela pessoa.

 

POR QUE ALGUMAS PESSOAS TÊM MAIOR OU MENOR TENDÊNCIA À FORMAÇÃO DE TÁRTAROS NOS DENTES?
Alguns fatores individuais, tais como quantidade de cálcio presente na saliva, sua composição, bem como tipo de bactérias da placa bacteriana poderão influenciar – para mais ou para menos – a formação de tártaros nos dentes.
Além disso, alguns tipos de alimentos, tais como farináceos (pães, macarrões) ou lácteos (leite iogurte, etc) parecem predispor (em associação aos fatores da saliva e da placa bacteriana) à maior formação de tártaros nos dentes.

 

COMO POSSO REMOVER O TÁRTARO NOS DENTES?
A única maneira de se remover os tártaros com segurança é por meio da limpeza profissional junto ao dentista.
Quaisquer outras soluções caseiras poderão machucar as superfícies dos dentes, promovendo rugosidades ou riscamento delas.

 

COMO EVITAR A FORMAÇÃO DE TÁRTAROS NOS DENTES?
Se a pessoa tiver tendência acentuada à formação de tártaros nos dentes – realmente – sempre será um desafio evitar a totalidade de formação de tártaros nos dentes.
Quase sempre, retornos periódicos ao dentista para limpeza profissional será inevitável.
No entanto poderá, sim, combater fortemente a sua formação, diminuindo em muito a quantidade formada (até 95%), bem como a velocidade de formação.
Técnicas corretas e frequentes (2 a 3 X ao dia) de higienização dos dentes por meio do uso correto de fio dental, escovas dentais macias, de boa qualidade, associadas a cremes dentais com um pouco mais de abrasividade (poder de limpeza), bem como alimentação com alimentos mais detergentes (frutas, legumes e verduras) e menor quantidade de alimentos mais pegajosos (tais como carboidratos e lácteos) poderão ajudar a evitar a formação.
A troca de carboidratos refinados por carboidratos 100% integrais no seu dia a dia poderá ser benéfica.

CONHEÇA O NOSSO PROGRAMA VIVER SEM TÁRTAROS

Conheça o nosso Programa Viver Sem Tártaros e aprenda tim-tim-por-tim-tim a como se livrar dos tártaros.

CLIQUE AQUI E CONHEÇA O PROGRAMA VIVER SEM TÁRTAROS

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *