Imagem
LogoA Dramática História da Carla...
(mas poderia ter sido bem pior, sabia?) 

Carla era vistosa e até se vestia e se maquiava bem,  MAS...

​​...Não conseguia se dar bem nos relacionamentos sociais e
afetivos...
​​Sim, Carla era uma moça bonita, [chamava atenção quando passava] e até se vestia bem...mas ao contrário de Rose, sua melhor amiga [que nem era tão vistosa assim!], tinha dificuldades em fazer laços sociais, profissionais e afetivos [com parceiros] que durassem muito. 
​​As coisas não davam lá muito certo e Carla nem sabia bem o porquê...afinal, ela sempre se preocupava em se apresentar bem: roupas, cabelo, maquiagem...e era também relativamente bem comunicativa. 

...Muito comum...

Esta história de Carla – por incrível que pareça – é bem comum, vira-e-mexe aparece algum caso semelhante no consultório.

A pessoa imagina que não há nada de errado com ela, mas na verdade, alguns pequenos-grandes detalhes em sua boca acabam arrastando os seus relacionamentos sociais e afetivos literalmente para um precipício. 

Deixe-me voltar à história da Carla.

Mapa do seu plano de Lançamento
​​Ela já estava se conformando com toda esta dificuldade em seus relacionamentos sociais e afetivos.

Mas, daí veio a Gota D'água...
​​Carla começou a pensar que - por fim - ela não era tão atraente ou desejável assim… 
 
Essa não-definição em relacionamentos sociais e, principalmente, afetivos mês após mês, ano após ano, começou a deixá-la desanimada, muito triste mesmo. 

Em alguns dias, começou até a perder a vontade de levantar da cama e a sair com amigas. 
 
Mas a gota d'água de todo este drama com ela em seus problemas de relacionamentos aconteceu justamente em um certo dia, enquanto ela conversava com um amigo dela. 

O rapaz começou a virar o rosto, a se afastar um pouco, a eventualmente tossir sutilmente...sim, Carla estava com halitose, ou seja, mau-hálito

Ao chegar em casa, Carla chorou um pouco, decepcionada com ela mesma…

Sim, aquela gota de lágrima que escorreu lentamente em seu rosto foi a "gota d'água" de toda a sua frustração.
...a única reação que ela teve naquele momento foi pegar o telefone e ligar para a sua melhor amiga Rose para desabafar e botar um pouco  de toda aquela mágoa para fora!

Na verdade, aquilo que ela estava passando era íntimo demais e não conseguiria expor isso para qualquer pessoa a não ser para a sua melhor amiga.

Carla estava sem chão, completamente triste e vulnerável, sem saber bem o que fazer ou para onde ir...

Ficou imaginando como poderia viver, como se relacionar com as pessoas, sem ter a confiança de conversar sem repelir, sem causar mal-estar ao outro...  

Finalmente, superou a vergonha e confessou à Rose: "Tenho mau hálito e isso está acabando com a minha alegria de viver...Estou pouco a pouco me isolando das pessoas...a cada dia, mais triste e só!"...
Imagem

O dia em que a Carla quase perdeu a sua melhor amiga...

(foi por um triz!)

Mas o pior veio logo a seguir, no "eu sempre soube disso...eu sempre soube que você tem mau hálito, Carla!" que ouviu de Rose como resposta!...

"O quê?! A minha melhor amiga sempre soube do meu problema de hálito e de tudo o que eu estive passando há anos em meus relacionamentos pessoais...mas NUNCA SEQUER SE DIGNOU A ME INFORMAR, a me ajudar com isso ?!".

...Carla não se conformava com a omissão de sua amiga Rose...e com toda a razão!
Imagem

O trágico é que, quem tem mau hálito, NÃO sabe que tem este problema! 

(Todo mundo sabe, menos a própria pessoa...)

Os problemas de hálito são muito traiçoeiros...

#1- A própria pessoa, na maioria das vezes, não consegue perceber bem que tem algo de errado em sua boca, produzindo mau hálito....

Imagem
#2 - No entanto, outras pessoas de seu convívio social, profissional ou afetivo SIM...elas tendem a perceber muito bem estes problemas de mau hálito na boca da outra... 

(mas costumam não falar nada para não serem inconvenientes, entendeu?)

Carla ficou tão chateada com Rose que pensou em desligar o telefone na cara dela... 

...e nunca mais voltar a falar com ela...!

E teria feito exatamente isso, não ouvisse de Rose a frase: 
"Carla me desculpa...! Vou ajudar você a superar este seu problema de hálito...não sei ainda como, mas vou ajudar você".

Imagem

"Vou ajudar você a acabar com o mau hálito, Carla!"

(só  que nem Rose e Carla faziam a menor ideia de como fazer isso!...)

E assim fizeram...

Elas começaram a fazer buscas na internet e a aplicar na boca de Carla todas as soluções "milagrosas" que lá encontraram.

Ficaram bem confusas...cada um falava uma coisa diferente.

Usaram cremes dentais ou soluções de bochechos.

Tudo o que tinha no rótulo "hálito fresco", custasse o preço que fosse, elas compravam e testavam na boca da Carla.
Imagem

 Foi uma Decepção Total
(a cada produto usado, uma frustração e um problema a mais na boca da Carla...)

EFEITO PASSAGEIRO
É que o efeito destes produtos eram passageiros...após alguns minutos o mau hálito voltava...
1
ALTERAÇÃO DE PALADAR
De tanto usar alguns produtos para melhorar o hálito, o paladar de Carla foi alterado profundamente e ela começou a perder o sabor dos alimentos
2
MAIS MAU HÁLITO AINDA...
Alguns deles até riscavam e manchavam os dentes...e, de tanto bochechar, os produtos químicos irritavam a boca da Carla, levando a mais mau hálito ainda!
3

Chegaram até a fazer "receitas caseiras" [que encontraram na internet] para "clarear" os dentes

(que acabaram por desgastar e machucar irremediavelmente [sem volta!] os dentes da Carla...!)

E a cada tentativa frustada...

...a cada tentativa mal sucedida, Carla acreditava cada vez mais que o seu problema não iria ter uma solução...que, na verdade, o problema dela era "ela mesma" que nasceu para não dar certo na vida...para não ser feliz...
Imagem

Certo dia, deram-se por vencidas de tentarem uma solução caseira para controlar o hálito de Carla.
Resolveram buscar por profissionais que pudessem definitivamente resolver o problema. 

Foi aí então que eu conheci a Carla e seu problema de hálito.

Eu já-já vou dizer como resolvi definitivamente o problema de hálito da Carla sem eu precisar fazer nada em sua boca...

(Em apenas 3 dias! Sem colocar as minhas mãos na boca dela.)

Antes, preciso me apresentar 
Sou Wagner Munhoz

Sou dentista e trabalho ajudando pessoas pela internet a resolverem seus problemas de dentes e gengivas, levando elas a conservarem sua saúde bucal durante toda a sua vida, melhorando o seu bem-estar e auto-estima
Imagem
Todos os dias, milhares de pessoas aprendem algo comigo por meio de algum vídeo ou post no Blog, Facebook ou Instagram.

Como eu resolvi DEFINITIVAMENTE o problema de hálito da Carla ?

(Em apenas 3 dias! Sem colocar as minhas mãos na boca dela!)

Eu resolvi definitivamente o problema de hálito da Carla, porque expliquei para ela 3 coisas:

#1 - O que causa mais de 90% dos casos de mau hálito nas pessoas

#2 - Como ela pode reconhecer se ela tinha ou não problemas de hálito só olhando atentamente a sua própria boca

#3 - Como fazer no dia a dia para evitar o mau hálito
Imagem

#1 - O que estava causando o mau hálito em Carla?

(E em mais de 90% das pessoas em geral?)
Mapa do seu plano de Lançamento
Quando eu avaliei a boca da Carla e da Rose, notei que ambas tinham problemas de hálito!

(estes problemas são muito comuns...!)
É que tanto Carla quanto Rose tinham inúmeros focos de retenção de bactérias na boca​​...

Só que a halitose de Carla era mais permanente enquanto a de Rose mais inconstante (ora aparece, ora desaparece)... 
...possivelmente, até o namorado de Rose chegou eventualmente a sentir o hálito dela, mas não disse nada...

A quase totalidade das vezes (mais de 90%), o mau hálito tem origem dentro da própria boca da pessoa por causa de retenção de bactérias aí.

No mais das vezes, a dificuldade de remover as bactérias na boca da pessoa se dá pela retenção de tártaros nos dentes...além de outras causas relacionadas ao acúmulo de bactérias na boca. 

#2 - Como a Carla e a Rose podem reconhecer se estão com mau hálito?

(Só olhando atentamente a sua própria boca?)

Na verdade, Carla e Rose já poderiam ter desconfiado que tinham mau hálito, muito antes de ir ao dentista...
(bastava que elas olhassem a sua própria boca com atenção e um pouco de conhecimento)

Vou ensinar você a como ter uma forte suspeita de que você possa estar com mau hálito, mas não esteja se dando conta disso...

Veja aí se você nota um ou mais dessas coisas em sua boca:

DENTES AMARELADOS
A pessoa repara que os seus dentes estão mais amarelados, manchados ou com tártaros
1
SANGRAMENTO DE GENGIVAS
A pessoa nota que eventualmente as suas gengivas estão sangrando à toa ou ao toque da escova ou fio dental
2
LÍNGUA ESBRANQUIÇADA
A pessoa coloca a língua para fora da boca e vê ela esbranquiçada
3
RETENÇÃO DE RESÍDUOS ALIMENTARES
Se toda hora sente que resíduos alimentares ficam presos entre os dentes 
4
GOSTO RUIM NA BOCA
A pessoa sente eventualmente gosto ruim na boca ao acordar ou durante o dia
5

#3 - Onde as bactérias ficavam retidas na boca da Carla e da Rose?

(nos dentes, língua e gengivas...!)
Mapa do seu plano de Lançamento
As bactérias (germes) podem ficar aderidas em qualquer parte da boca, dentes, gengivas, língua, etc.

Mas o grande vilão que faz com que elas causem o mau hálito e a pessoa tenha dificuldade de removê-las é o tártaro aderido nos dentes!

Tártaros e Placa Bacteriana

Os tártaros são um dos principais problemas que frequentemente atacam dentes e gengivas das pessoas, levando ao amarelamento ou escurecimento dos dentes, gosto ruim na boca, problemas de hálito, sangramento de gengivas, amolecimento dos dentes e, por fim, até mesmo à perda de dentes.
Imagem
Sim, “um dos principais problemas que afetam dentes e gengivas”, mas ao mesmo tempo, “um dos mais desconhecidos e negligenciados pela pessoa”...assim como aconteceu com a Carla.

Algumas pessoas percebem a presença de tártaros; outras não! 
Mas a maioria, quase a totalidade, certamente percebe apenas uma parte visível deles, ou seja, aquele que os seus olhos alcançam.

Tártaros ficam abaixo das gengivas???

Sim e são uma das principais causas de mau-hálito!

Mas o principal problema para Carla, não era tanto os tártaros que ela conseguia enxergar...não!
 
O principal problema estava justamente naqueles tártaros que ela não conseguia enxergar, uma vez que eles estavam localizados abaixo da gengiva.
Imagem
Estes tártaros ficam lá escondidos, acumulando bactérias embaixo das gengivas, levando ao sangramento delas, ao mau-hálito e a muitos outros problemas como perda de gengiva (retração de gengivas), amolecimento e até perda dos dentes.
Mapa do seu plano de Lançamento
A Carla escovava os dentes todos os dias, mas...
Veja que a Carla, apesar de escovar os dentes todos os dias, não sabia da presença destes tártaros escondidos embaixo de suas gengivas e nem tampouco que era justamente aí que residiam grande parte de seus problemas de relacionamentos pessoais e afetivos...apesar de tantos cuidados que ela tinha com a sua aparência pessoal.
Mapa do seu plano de Lançamento
Mas se a Carla escovava os seus dentes várias vezes ao dia…
Então, por que os tártaros apareciam em seus dentes

Existem várias causas.
Algumas pessoas têm maior tendência à formação de tártaros, enquanto outras pouca ou nenhuma.
Mas, uma das principais causas para a formação de tártaros é justamente esta daqui: as pessoas acreditam que sabem higienizar os seus dentes, quando na verdade não sabem!

Como remover os tártaros sem machucar os dentes?

A única maneira de se remover os tártaros visíveis e os não visíveis, de forma segura e completa é justamente pela raspagem ou limpeza profissional bem realizada pelo dentista

Imagem

Mas veja bem: A limpeza profissional e remoção de tártaros pelo dentista NÃO garantem que os tártaros não se formarão novamente…

Mapa do seu plano de Lançamento

Muito pelo contrário...
Após a limpeza pelo dentista, se a pessoa não tiver conhecimento e técnicas refinadas de autocuidado, os tártaros tendem a se formar novamente… 

E por quê? 

Ora, a placa bacteriana se forma e, como a pessoa não sabe removê-la de forma eficaz, ela se calcifica.

Carla, por exemplo, ia vez ou outra ao dentista e até removia os tártaros em seus dentes. 

No entanto, após poucas semanas, eles apareciam novamente mais e mais, levando ela a um grande desânimo. 

Gastava tempo e milhares de reais em limpezas dentárias profissionais para que - no final de algumas semanas - ver os seus dentes serem tomados novamente pelos tártaros e escurecimento, sangramento de gengivas, mau-hálito... 

E qual é então a solução, Wagner, a fim de se livrar de uma vez por todas dos tártaros, mantendo os seus dentes claros, livre de problemas de hálito e de gengivas?

#4 - A Solução: O Método Definitivo e Completo

Todos os dias atendo pacientes no consultório e todas as vezes que chega um paciente novo, ele aparece com tártaros em seus dentes.

Imagem

Sabe o que descobri?

Descobri que se a pessoa associa certos hábitos, faz ou não faz algumas coisas em seu dia a dia, adota certas técnicas refinadas de higienização, utiliza produtos e equipamentos adequados para ela, certamente ela consegue inibir a formação de tártaros e manchamentos nos dentes em mais de 95%!

João da Silva

Foi aí então que decidi criar o Viver Sem Tártaros

Mapa do seu plano de Lançamento
Programa Viver Sem Tártaros
Vendo todo este problema com tártaros e suas consequências para a vida pessoal dos pacientes, veio a ideia de ensinar dezenas, centenas ou milhares de pessoas a como combater e evitar os tártaros e manchamentos em seus dentes de forma mais ampla, pelo Brasil afora.

Criei então o Viver Sem Tártaros:
Programa totalmente online onde a pessoa em sua própria casa, sem a necessidade de ir ao dentista, aprende todas as técnicas de autocuidado diário, a fim de prevenir e evitar a formação de tártaros em seus dentes...de maneira segura e altamente eficaz!
Imagem

 Tudo o que ensinei para a Carla resolver definitivamente o seu problema de tártaros e de hálito, eu coloquei no 

Programa Viver Sem Tártaros


Módulos e Aulas do Programa Viver Sem Tártaros

MÓDULO 1
Módulo 1 - O que é o tártaro e como ele se forma?
1
MÓDULO 2
Técnicas  Especiais de Higienização de Dentes e Gengivas para Prevenção e Inibição de Formação dos Tártaros e Manchamentos
2
MÓDULO 3
 Produtos, Utensílios e Técnicas Especiais para o Controle de Tártaros
3

O Programa Viver Sem Tártaros funciona?

Muita gente já está aplicando o Programa

Dezenas de pessoas já colocaram o Programa Viver Sem Tártaros em prática. 
Veja a lista de alunos que já estão aprendendo a se livrar de tártaros e manchamentos em seus dentes.
Confira abaixo.

Imagem

Veja o que as pessoas dizem sobre os conteúdos de 
prevenção de problemas de dentes e gengivas

Imagem

Tudo bem, Wagner, mas quanto vai custar 
o Programa Viver Sem Tártaros?

O Programa Viver Sem Tártaros, pelos benefícios que ele traz à pessoa na saúde de seus dentes e também nos relacionamentos sociais e afetivos custaria bem caro.

Veja só:
João da Silva
R$200 a R$1.000 por sessão
Se você for remover tártaros em consultório dentário, quanto custaria uma limpeza profissional para limpeza e extração de tártaros? De R$200 a R$1.000 por sessão.

E, mesmo pagando esta quantia, a tendência é a volta dos tártaros em poucas semanas.

Isso, é claro, se a pessoa não for treinada aos conhecimentos e técnicas de autocuidado para inibir fortemente a formação de tártaros nos seus dentes. 
João da Silva
Quanto custa a perda de relacionamentos profissionais, sociais e afetivos?
Quanto custa a perda de relacionamentos profissionais, sociais e afetivos? 
Difícil de dizer ao certo, mas certamente, é bem caro!

Algumas vezes, pode-se dizer que a perda desses relacionamentos não tem preço porque são insubstituíveis.
João da Silva
Quanto custa a perda de saúde de dentes e gengivas?
Quanto custa a perda de saúde de dentes e gengivas? 
Por vezes, a perda de saúde é irremediável e a perda de dentes é definitiva. 

Dentes naturais ou gengivas perdidos não têm volta! 

Só por reposição artificial pelo dentista...por isso, a perda de um dente não tem lá muito preço.
João da Silva
Poderia Custar Milhares de Reais...
Devido a isso, o Programa Viver Sem Tártaros - que vai trazer saúde de dentes e gengivas - poderia vir a custar até alguns milhares de reais e, mesmo assim ele iria se pagar muitas e muitas vezes. 

Existem muitas coisas que a gente compra e "usa de vez em quando”; outras, a gente compra, "usa um pouquinho e depois descarta" ou nunca mais se lembra delas...

Mas dentes, o sorriso, a fala, os relacionamentos sociais, profissionais e afetivos, a gente usa todos os dias, sempre!

Por isso, o custo que você irá ter aqui na aquisição do Programa Viver Sem Tártaros será diluído por toda a sua vida, durante todos os dias.

CLIQUE NO BOTÃO ABAIXO 
E ADQUIRA JÁ!
Compra 100% segura!
Receba imediatamente o seu produto após a confirmação do pagamento.
VOCÊ INVESTIRÁ APENAS
R$297
R$97,00*
à vista
(ou em até 10X)

(Desconto para os 100 primeiros que adquirirem)

Formas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de PagamentoFormas de Pagamento

Garantia
Você tem sucesso contra os tártaros ou eu assumo todo o risco





30 dias de garantia total
Imagem
Sendo bem direto com você, funciona assim: ou você tem resultado, ou eu te devolvo totalmente o  seu investimento.

Além do Programa Viver Sem Tártaros,   
você também terá 3 BÔNUS 100% gratuitos

(Exclusivo para quem adquirir agora nesta página)

Mapa do seu plano de Lançamento
Adquira o Programa Viver Sem tártaros  e tenha acesso Exclusivo totalmente grátis:

- Tira-dúvidas sobre o assunto do curso diretamente comigo, via WhatsUp

- 2 capítulos do Livro Dentes Sempre Perfeitos, onde ensino sobre autocuidado para dentes e gengivas

- Programa Mulheres Mais Jovens, de Longevidade Feminina, composto de 2 livros digitais.

[ PS ]
Ah! Só para finalizar...
Sabe como terminou a história da Carla?

Ela eliminou este problema de tártaros em seu dia a dia e nunca mais isso foi um problema para ela. 
Imagem
A última notícia que tive dela é que estava no parque com um rapaz, cochichando baixinho, frente a frente. Muito feliz.

Perguntas frequentes respondidas

O Programa Viver Sem Tártaros substitui o acompanhamento de rotina do dentista? 

Não. Definitivamente, você só pode e deve acompanhar sua saúde sob orientação do seu dentista.

Com o Viver Sem Tártaros eu posso parar de seguir as recomendações que meu dentista me prescreveu?

Não. Definitivamente, você só pode e deve alterar as recomendações dadas mediante orientação expressa do seu dentista.

Devo usar o Programa Viver Sem Tártaros para tratar sozinho a minha saúde bucal?

Não. Definitivamente, você só pode e deve usar tratar sua saúde bucal mediante orientação expressa do seu dentista.

Quanto tempo por dia devo me dedicar ao Programa Viver Sem Tártaros?

Sugere-se à pessoa aprender os detalhes informativos do método e ir modificando dia-após-dia os seus hábitos de vida, segundo um padrão mais saudável. Isto irá levar poucos minutos por dia.

Em quanto tempo eu posso começar a ver resultados?

Dependerá de cada pessoa, segundo o seu tipo de problema e também do tipo de solução proposta para ele. 
Melhoras no padrão de hálito, sangramento de gengivas, por exemplo, poderá obter benefícios com muita brevidade, em poucos dias.
Já melhora nos tártaros já presentes em seus dentes irá depender de raspagem dos dentes pelo dentista, isto é, de limpeza profissional.

Eu sou tenho vários problemas em meus dentes e  gengivas, esse Programa serve para mim?

Definitivamente esse é o programa mais indicado para você, pois começa com pequenas e simples modificações em seu estilo de vida. 
Com isso, você irá gradativamente acompanhando o seu tempo até que você passe a notar várias diferenças em seus dentes, gengivas e qualidade de vida.