Orofacial #14 – 6 Erros Comuns que Favorecem o Envelhecimento Precoce e o Câncer de Pele.

Tempo de leitura: 4 minutos

Orofacial #14 - 6 Erros Comuns que Favorecem o Envelhecimento Precoce e o Câncer de Pele.

6 Erros Comuns que Favorecem o Envelhecimento Precoce e o Câncer de Pele.

Segundo Adriana Toledo, existem pelo menos 6 erros bem comuns que favorecem o envelhecimento precoce e também o câncer de pele:

Erro 1 – Não ver que o perigo mora perto da praia (ou na piscina): A exposição aos raios solares na praia tende a ser bem mais acentuada do que em um dia-a-dia normal. Além do mais, tanto a areia da praia quanto o espelho da água do mar tendem a refletir a radiação solar, aumentado a incidência dos raios solares na pele.

Protetor solar e Praia
A pessoa que fica algumas semanas na praia adquire bronzeado e acredita que este bronzeado é suficiente para proteger a pele da radiação…daí descuida-se do uso de protetores solares, o que é um erro.

Lembre-se o efeito dos raios solares, dado pelas radiações ultravioletas UVA, UVB e UVC, é cumulativo.

Ano-após-ano estas radiações vãoi alterando gradativamente a pele que foi sendo exposta ao sol.

Erro 2 – Ter a ilusão de que os dias nublados são inócuos para a pele: as nuvens claras permitem a passagem da radiação solar. Nem toda a sombra também é eficaz para o bloqueio destas radiações…deve-se no mínimo serem amplas de tal forma que a pessoa não consiga olhar para o céu…um guarda-sol normal tem apenas fator de proteção 8, fora que há o reflexo da areia da praia ao redor.

Erro 3 – Achar que os indivíduos da raça negra estão a salvo: Apesar que a melanina (pigmento que dá cor ao bronzeado) realmente tende a proteger a pele da radiação solar, esta proteção é relativa. Os negros devem passar sim o protetor solar, pelo menos, de fator 15.

Sol protetor solar câncer de pele

Erro 4 – Não dar atenção à radiação UVA: antigamente pensava-se que somente a radiação UVB seria nociva à pele. Hoje, sabe-se que a radiação tipo UVA penetra profundamente na pele da pessoa promovendo alterações nela, potencializando o risco de câncer e envelhecimento precoce da pele. 

Aquelas máquinas de bronzeamento artificial também foram proscritas pela Academia Brasileira de Dermatologia, uma vez que 90% da radiação que delas emanam são do Tipo UVA.

Máquinas de Bronzeamento Artificial

O pior de tudo é que a radiação UVA incide durante todo o dia, ao contrário da UVB, a qual incide mais no período crítico entre 10 e 16 horas.

Portanto, deve-se escolher um filtro solar com alto grau de bloqueio UVA, bem como passá-lo durante todo o dia, não somente quando o sol está a pino ou no intervalo crítico (10 às 16 hrs).

Erro 5 – Achar que o homem é mais resistente aos raios solares do que as mulheres ou crianças. É bem verdade que a atenção especial deva ser dada às crianças, mas a probabilidade um homem sofrer pelos efeitos da radiação solar é semelhante a das mulheres. Ponto. Por isso, deve-se aplicar os filtros solares, assim como as mulheres.

Tomar sol é bom?

Erro 6 – Dar trégua ao uso de filtro solar: o uso do filtro solar deve ser uma constante, desde a infância, durante toda a vida…nenhuma pele é “treinada” o suficiente para se expor ao sol sem proteção adequada.
Portanto, previna-se. 

Filtro solar

(Fonte Revista Saúde, Novembro/2010, Editora Abril)

 Tomar ou Não Tomar Sol: A Vitamina D

A vitamina D é ativada no corpo humano pela incidência da exposição dos raios soares na pele. Sem esta exposição, a vitamina D fica como que inativa.

Sol vitamina D

Uma vez que a exposição solar continuada predispõe ao envelhecimento precoce da pele, bem como ao câncer de pele, vem a pergunta: tomar ou não tomar banho de sol?

Antes de tudo, deve-se frisar que não foi estabelecido até o momento, uma quantidade certa de vitamina D que o indivíduo necessitaria diariamente, nem tampouco o que seria realmente um limite crítico para se constatar uma falta de vitamina (hipovitaminose) D.

Então o que fazer?

A resposta é bem simples: tomar sol passando protetor solar, mas deixando as partes expostas que são menos críticas ao envelhecimento ou câncer, uma vez que elas dificilmente são expostas no dia-a-dia. Por exemplo, as pernas, barriga ou parte inferior das costas (região lombar). Vale portanto o bom e velho bom-senso.

 

Saibas mais:

O índice UV, mede a quantidade de radiação UV diariamente: http://tempo.folha.com.br/iuv/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *